Quinta-feira, 30 de março de 2017 às 10:37 em Notícia
Páscoa econômica para o bolso do brasileiro

 

 

A Páscoa já se aproxima e não é novidade para o mercado que o consumidor está cada vez mais “abandonando” os ovos e optando por comprar até cinco barras de chocolate. Isso reflete não somente o momento econômico do consumidor – que com a crise vem tendo problemas financeiros ou até mesmo o desemprego -, mas também a indústria do chocolate, que ano após ano repassa os altos custos para as gôndolas.

Mesmo assim, a Páscoa é uma data que nunca deve passar em branco e o consumidor sempre busca as alternativas mais em conta para fazer isso acontecer; principalmente no caso de crianças, que esperam ansiosas pelo “coelhinho”. Leonídio de Oliveira Filho, empresário e criador do site Dica de Preço, aconselha que o consumidor busque a inovação em suas compras. “Para a criança, o que mais importa é o brinquedo que vem dentro do ovo, então vale mais a pena comprar um brinquedo do mesmo valor ou até menor do que do chocolate e dar um doce pequeno”, analisa ele.

Com o monitoramento de preços da ferramenta, que guarda o histórico de meses anteriores, o empresário afirma que os preços de alguns chocolates, neste momento, estão entre 10% e 25% mais caros do que o ano passado. Outra possibilidade para a data, e que antes estava restrita somente como um complemento de renda, é o ovo caseiro.

As formas para ovos de Páscoa são diversos, custam muito pouco e também podem ser encontradas no Dica de Preço, o que é um bom atrativo para o consumidor preparar seus próprios produtos, que acabam saindo bem mais em conta. Basta apenas comprar uma barra de chocolate, derreter e colocar na forma – o que agrada qualquer adulto mais tradicional que não dispensa os ovos nesta época do ano.

Isso inclusive não é apenas bom para o cliente final, mas também para o microempreendedor que o vende. “É preciso buscar alternativas e inovar no consumo, pois para um país que está em recessão, é uma situação difícil para o bolso do consumidor”, ressalta. E não é difícil pesquisar os produtos e ferramentas necessárias. Ao entrar em sites como o Dica de Preço, por exemplo, ele poderá conferir segmentos especiais que simbolizam a data e alternativas de produtos mais baratos.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE