Greve dos Caminhoneiros só tende a continuar
28/05/2018 - 11h03 em Notícia

       Mesmo após o pronunciamento do Presidente Michel Temer, onde ele supostamente  “atendia as reivindicações dos caminhoneiros”, as principais lideranças do movimento, instruíram os caminhoneiros a continuarem parados.

            Em grupos de comunicação via WhatsApp, as principais mensagens eram: “Não Vamos Sair”; “Não queremos mais saber de impostos, queremos todo o governo fora.”; “Não podemos parar, eles viram a força que temos.”; dentre outras diversas mensagens que mostram a força dos caminhoneiros, em se manterem firmes, em uma luta pelo mesmo ideal.

            A paralisação continuou, pois segundo, algumas das lideranças do movimento, duas das principais reivindicações não foram de fato atendidas, dentre elas; a isenção de PIS/Confins para os combustíveis e também sobre o projeto de lei 121 que estabelece preços mínimos para fretes rodoviários.

 

Greve ganha ainda mais força

            Após o pronunciamento, os caminhoneiros além de se manterem firmes, lançaram um vídeo que circulou via WhatsApp, convidando a motoristas de carros de passeio a também participarem da manifestação.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE