Amantes da aviação buscam reativação do Aeroclube de Barbacena
29/05/2018 11:42 em Novidades

Um grupo de pilotos, instrutores de voo, ex-sócios, a filha do primeiro piloto e de amantes da aviação se reuniram pela segunda vez na noite do último dia 18 de maio, na sede da Associação Comercial Industrial de Barbacena para discutirem a possibilidade de reativar o Aeroclube da cidade.

A reunião contou com a presença do advogado, Lucas de Souza Garcia, que tomou conhecimento da situação da entidade para tomar as providências jurídicas necessárias para reativação do Aeroclube.

“A primeira coisa é analisar todos os documentos da entidade, estatutos, de acordo do que constam neles, vamos traçar estratégicas jurídicas para reativar o mais rápido possível o Aeroclube de Barbacena”, explicou o advogado Lucas de Souza Garcia.

De acordo com o instrutor de voo e um dos lideres do movimento, Francisco Augusto Vargas Carneiro (Chiquinho), nesta segunda reunião, foi convidado para participar um advogado para trazer orientações jurídicas no sentido de reativar o Aeroclube.

“Relembramos um pouco da história do Aeroclube, fizemos a leitura de alguns documentos e contamos também com a presença dos alunos do curso preparatório para futuros pilotos”, disse Francisco Augusto (Chiquinho).

Segundo o professor Arnaldo José de Oliveira, em primeiro de junho de 1940, em pleno inicio da Segunda Guerra Mundial, um grupo de barbacenenses apaixonados pela arte de voar, se reuniu no Clube Barbacenense, sob a liderança dos Drs. Galdino de Abranches (filho), Thomé Elysio de Freitas, Amílcar Henrique Savassi e José Ribeiro de Navarro, a fim de esboçar uma instituição cujos os objetivos seriam a divulgação e prática da arte de voar e navegar brevetando pilotos, visando a integração e a segurança nacional e o lazer, ideais estes confirmados através dos estatutos elaborados naquela época. Nos bons tempos das “vacas gordas”, o Aeroclube de Barbacena chegou a possuir seis aeronaves, justificado pela sua intensa atividade na formação de pilotos privados, comerciais, instrutores e panorâmicos.

Uma ação que foi movida pela União Federal, determinou há 3 anos passados a reintegração de posse do terreno que era ocupado pelo Aeroclube de Barbacena, em favor da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar).

O Aeroclube de Barbacena formou cerca de mil pilotos, atuava na cidade como ramo de atividade de Escolas de Aviação e localizava- se na Rodovia Barbacena Antônio Carlos, junto ao Aeroporto Major- Brigadeiro Doorgal Borges.

 

                                                                                                                                                    Por Darcy Emídio Globo Barbacena

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE