Diretora da Santa Casa de Juiz de Fora destaca importância da rapidez no atendimento a Bolsonaro
07/09/2018 15:59 em Notícia

A diretora médica e técnica da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, Eunice Dantas, concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (7), após a transferência de Jair Bolsonaro, candidato à Presidência pelo PSL, para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Bolsonaro foi esfaqueado durante um ato de campanha na cidade mineira, na tarde de quinta-feira (6).

 

Eunice informou que a recuperação de Jair Bolsonaro é a melhor possível. Ela ressaltou que a rapidez do atendimento foi importante. “A velocidade com que a equipe de segurança conseguiu trazê-lo até o hospital e a velocidade com que ele foi operado faz total diferença na evolução”, disse a diretora.

 

Eunice Dantas explicou que a vida do candidato esteve em risco. “Poderia sim [ter morrido], com certeza, foi muito grave”. Ela contou que também foram adotados todos os procedimentos para diminuir o risco de infecção.

 

Bolsonaro deixou o hospital na manhã desta sexta em uma ambulância UTI da Santa Casa rumo ao Aeroporto da Serrinha, acompanhado por médicos do hospital e do Albert Einstein. Eunice Dantas explicou que a remoção ocorreu antes das 24h até 48h inicialmente estimadas porque o paciente respondeu bem aos procedimentos realizados.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE